FREIOS

O sistema de freio automotivo é simples de ser compreendido, e trabalha com os princípios e conceitos da hidráulica. É um sistema hidráulico fechado que conta com o auxílio de diversos componentes de diferentes funções para criar pressão, conduzir o fluído hidráulico e para a geração de força que será aplicada nos componentes de atrito.

O motorista é a peça chave para o acionamento do freio. Quando o motorista aciona o pedal de freio o sistema entra em funcionamento. A haste que está ligada ao pedal também está ligada ao servo freio, que por sua vez tem a função de auxiliar o motorista na frenagem.

O servo freio cria um vácuo interno em duas câmaras separadas, quando o motorista aciona o pedal de freio acaba dando passagem para o ar entrar em uma das câmaras, assim, a haste é direcionada para frente por que a outra câmara está sob constante vácuo do motor.

A haste continua avançando, com a ajuda do servo freio, acionando os pistões ou êmbolos do cilindro mestre. O cilindro mestre é um componente responsável por gerar pressão interna no sistema e promover o deslocamento do fluído de freio até as rodas.

O fluído de freio está em todo sistema, portanto, os êmbolos quando se deslocam acabam deslocando todo o fluído no sistema, assim os itens de atuação como pinça e cilindro de rodas também vão deslocar seus êmbolos no mesmo curso.

A pinça de freio recebe o movimento do fluído que entra em contato com seu êmbolo interno. O êmbolo ou pistão interno possui uma determinada área onde o fluído vai entrar em contato e gerar uma determinada força de ação sobre este pistão.

O pistão atua sobre as pastilhas e sapatas com lonas onde entram em contato com o disco, na dianteira, e tambor na traseira (na maioria dos veículos brasileiros). Estas peças geram atrito e diminuem a velocidade da roda e conseqüentemente do veículo.

A recomendação da Cassio Oficina é:

1) Verifique o sistema de freios a cada 5 (cinco) mil quilômetros e substitua o fluído de freio a cada 10 (dez) mil quilômetros ou 12 meses. Na hora de substituir o fluído, é importante levar em consideração a especificação correta para cada tipo de veículo. Por isso, a orientação é sempre seguir o prazo especificado no manual do proprietário do veículo. A aplicação de um fluído não adequado pode reduzir a eficiência da frenagem ou mesmo danificar o sistema, colocando em risco a segurança.

2) Para manter as pastilhas em boas condições e aumentar sua vida útil, algumas dicas podem ser seguidas. A primeira delas é usar peças indicadas pela montadora. Na hora de trocá-las, também é recomendado fazer a retificação dos discos de freio, para que as duas superfícies fiquem lisas. É recomendado verificar as condições das pastilhas a cada 10 (dez) mil quilômetros.

CASSIO OFICINA

11 5571-3795

11 99176-7621

Horários

• Segunda a Quinta: 08h às 18h

• Sexta-Feira: 08h às 17h
• Sábados: 08h às 12h

Orçamento - Sem compromisso
  • Cassio Oficina
  • YouTube - Cassio Oficina
  • Instagram - Cassio oficina
  • Google+ - Black Circle
CASELI COMÉRCIO E SERVIÇOS AUTOMOTIVOS
CNPJ: 02080672/0001-80
Rua Doutor Dolzani, 35 - Vila Mariana, São Paulo, SP | Cep: 01546-000